O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), promove neste mês, um ciclo de palestras sobre o Crédito Rosa nas unidades do restaurante popular Prato Cheio, voltado às mulheres empreendedoras. A programação inicia nesta quinta-feira (11/07), na unidade do bairro Aleixo, zona sul, que fica localizada na rua Severiano, nº 213.  

O Crédito Rosa é um programa de financiamento para empreendedoras amazonenses, oferecido pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) em parceria com a Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

Iniciando a partir das 9h, a palestra organizada especialmente para a comunidade, vai apresentar o passo a passo para o cadastro e possível financiamento, além de orientar mulheres empreendedoras sobre inovações em seus negócios.  

As palestras também serão realizadas nos Pratos Cheios dos bairros Petrópolis (17/07), Alvorada (22/07) e Parque Mauá (23/07). Para participar, é necessário que as interessadas apenas se encaminhem até a referida unidade e informem que desejam participar da palestra. 

De acordo com a secretária de Estado de Assistência Social, Kely Patrícia, o Governo do Amazonas trabalha cada vez mais para capacitar e incentivar as mulheres amazonenses a alavancarem seus negócios. “ É uma iniciativa que tem alcançado mulheres na capital e no interior do estado, demonstrando o empenho do Governo do Amazonas em transformar a vida das amazonenses”, destacou Kely Patrícia. 

Crédito Rosa

Com financiamentos que variam de R$ 500 a R$ 21 mil, o programa contempla as principais despesas operacionais necessárias a implantação, manutenção, ampliação e modernização da atividade produtiva. Além de auxiliar na aquisição de máquinas, equipamentos, móveis e utensílios para as empreendedoras.

O programa é voltado a mulheres que empreendem e atuam no mercado de trabalho, sendo elas autônomas ou Microempreendedora Individual (MEI). Para ambas as modalidades é necessário que o nome da candidata esteja sem restrições de crédito.

Neste ano, o programa tem a meta de investir R$ 20 milhões em créditos de financiamento para empreendedoras amazonenses.

Foto: Divulgação/Seas

Deixe uma reposta

Por favor deixe seu comentário
Digite seu nome