A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), atualiza, na segunda-feira (24/06), o Informe Epidemiológico de Vírus Respiratórios no Amazonas. O documento está disponível em https://abre.ai/j5ie.

No Amazonas, de 1º/01 a 22/06, foram registrados 2.196 casos notificados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo 236 casos nas últimas três semanas (02/06 a 22/06). Desses 2.196 casos notificados de SRAG, foram 955 SRAG por vírus respiratórios, sendo 106 nas últimas 3 semanas. Ainda em 2024, até 22/06, foram registrados 21 óbitos por vírus respiratórios.

Nas últimas três semanas (02/06 a 22/06), as principais comorbidades dos pacientes de SRAG por vírus respiratórios foram cardiopatias (38%), diabetes (23%), hipertensão (20%), pneumopatias (16%) e doença neurológica (10%). A faixa etária mais atingida são crianças menores de 1 ano (35%); 1 a 4 anos (20%); mas há também ocorrência de em pessoas com mais de 60 anos de idade (22%).

Prevenção

Para prevenir a SRAG, a recomendação é a adoção de medidas não farmacológicas, como o uso de máscaras de proteção respiratória, manter as mãos higienizadas, etiqueta respiratória e a vacinação contra covid-19 e influenza.

FOTO: Eduardo Prado/FVS-RCP

Deixe uma reposta

Por favor deixe seu comentário
Digite seu nome