Amazonas tem 33 casos de rabdomiólise e FVS intensifica investigação

A Vigilância em Saúde do Amazonas recebeu mais sete notificações de casos de rabdomiólise, neste domingo (29/08). Ao todo, são 33 casos da síndrome notificados no estado, 29 em Itacoatiara (sendo um óbito), dois em Manaus, um em Caapiranga e um em Autazes. A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) segue realizando a investigação epidemiológica do surto.

De acordo com o diretor-presidente da FVS-RCP, Cristiano Fernandes, está sendo reforçada a investigação epidemiológica dos casos. “Todos os casos notificados podem estar associados à ingestão de peixes. Ainda não há consenso no meio científico sobre a toxina que contamina os pescados. A Vigilância está se concentrando em detectar precocemente os casos e monitorar para que haja o manejo clínico adequado para os pacientes”, explica o diretor-presidente da FVS-RCP.

Das sete novas notificações registradas, cinco são de Itacoatiara, uma de Manaus e uma de Autazes. Neste domingo (29/08), seguem internadas 18 pessoas, sendo duas pessoas de Manaus, uma de Caapiranga, uma de Autazes e 14 pessoas de Itacoatiara (12 adultos e duas crianças). Os demais pacientes receberam alta hospitalar.

Segundo a coordenadora do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS/FVS-RCP), Liane Souza, os pacientes internados estão clinicamente estáveis. “Todo o monitoramento periódico do estado de saúde e a atenção dada aos pacientes está sendo realizada sob o olhar da vigilância”, acrescenta a técnica.

Rabdomiólise – A rabdomiólise é uma síndrome clínico-laboratorial que decorre da lesão muscular com a liberação de substâncias intracelulares para a circulação sanguínea.

Ocorre normalmente em pessoas saudáveis, na sequência de traumatismos, atividade física excessiva, crises convulsivas, consumo de álcool e outras drogas, infecções e ingestão de alimentos contaminados, que incluem o pescado. O quadro clínico da doença pode incluir elevações assintomáticas das enzimas musculares séricas (creatinina-fosfoquinase – CPK).

Referência – A FVS-RCP é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os contatos telefônicos da FVS-RCP são (92) 3182-8550 e 3182-8551.

 

FOTO: Divulgação/FVS-RCP

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar