Vacina Covid-19: Um milhão de pessoas tomaram a primeira dose, em Manaus

A Prefeitura de Manaus registrou nesta sexta-feira, 9/7, mais de um milhão de pessoas que receberam a primeira dose e dose única de vacinas contra a Covid-19. O “Vacinômetro” municipal aponta 976.554 pessoas com a primeira dose e 24.289 doses únicas desde o início da campanha em Manaus, no dia 19 de janeiro deste ano. Até as 16h de hoje, as equipes de vacinação coordenadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já haviam aplicado mais de 1,3 milhão de doses, entre primeira, segunda e única.

O prefeito David Almeida, que acompanha diariamente a evolução dos números na plataforma da Semsa, lembrou que há 20 dias a cidade festejava o primeiro milhão de doses aplicadas.

“Hoje nossa comemoração é ainda mais especial porque 70% de nossa população vacinável já iniciou o ciclo que vai deixá-la mais protegida dos efeitos do novo coronavírus. Falta pouco para alcançarmos todas as pessoas aptas a receberem vacina. Estamos trabalhando incansavelmente para isso”, afirmou.

Do total de pessoas vacinadas contra a Covid-19 em Manaus, 340 mil, ou seja, 24%, já receberam as duas doses da vacina ou a dose única da farmacêutica Janssen, completando o ciclo vacinal preconizado pelos laboratórios.

Nesta sexta-feira, a Prefeitura começou a vacinar com a primeira dose o público a partir de 20 anos. Juntas, as três idades (20, 21 e 22 anos) anunciadas pelo prefeito no final de tarde de quinta-feira, somam 130.930 pessoas. Com isso, ficam faltando apenas duas idades (18 e 19 anos), que concentram 84.154 pessoas.

A secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe, visitou os pontos de vacinação abertos nesta sexta-feira para receber o público de 20 anos e mais, iniciando pela Unidade Básica de Saúde Luiz Montenegro, na região sul da cidade.

“Temos trabalhado com um planejamento rigoroso e isso tem permitido que avancemos cada vez mais nas idades, uma vez que nos grupos prioritários iniciais, que o Ministério da Saúde definiu no plano nacional de vacinação, já alcançamos as metas. Tudo o que fazemos é muito bem calculado, considerando a população estimada e a quantidade de doses que recebemos”, destacou.

A assessora da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, do Ministério da Saúde, Bruna Gisele de Oliveira, que está em Manaus participando da primeira capacitação da iniciativa Força Pré-Natal do Sul, aproveitou a estada em Manaus e acompanhou a secretária Shádia Fraxe nas visitas às UBS. Bruna avaliou como muito positiva a estratégia da Semsa para a campanha.

“Em dois pontos pelos quais passei, observei tudo muito organizado, ágil e as pessoas são atendidas com muita tranquilidade”, apontou.

Durante todo o dia, a Semsa manteve 19 pontos de vacinação em funcionamento, incluindo os sete tradicionais e mais 12 UBSs e escolas da rede pública. A ampliação no número de unidades e pessoas envolvidas na recepção, triagem e vacinação (mais de 1,3 mil servidores, além de colaboradores das Forças Armadas) teve como objetivo facilitar o acesso da população à vacina.

Neste sábado, 10/7, os postos de vacinação contra a Covid-19 não funcionarão porque, de acordo com a secretária da Semsa, a Prefeitura realizará o “Dia D” da campanha de vacinação contra a influenza (gripe).

“O município já tem expertise nessa questão de vacinação. É uma campanha que já acontece anualmente e amanhã o dia será dedicado a essa vacinação que é tão importante quanto a da Covid-19 e nós precisamos atingir o maior número possível de pessoas dos grupos mais vulneráveis a essa doença”, explicou Shádia Fraxe.

O “Dia D” contra a influenza (gripe) terá início às 8h, com encerramento às 16h. Serão disponibilizados 422 postos, em toda a cidade, incluindo as 171 salas de vacinas do município. Os endereços podem ser consultados no endereço https://semsa.manaus.am.gov.br.

— — —

Texto – Sandra Monteiro / Semsa

Fotos – Ruan Souza / Semcom

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar