Na madrugada, mais 62,8 mil doses da coronavac chegam ao Amazonas

Imunizante CoronaVac, do Instituto Butantan, chegou na madrugada desta quarta-feira (03/03)

13O governador do Amazonas, Wilson Lima, recebeu, na madrugada desta quarta-feira (03/03), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, mais 62.800 doses de vacinas contra a Covid-19 do tipo CoronaVac, do Instituto Butantan. É a sexta remessa enviada ao estado pelo Ministério da Saúde (MS), totalizando, até o momento, 738.420 doses.

“Nós estamos recebendo mais uma remessa do Governo Federal. E essas doses são importantes para que a gente continue esse processo de vacinação e mantenha o Estado do Amazonas no topo, como o primeiro estado que mais vacina no Brasil. Essa vacina é resultado do esforço do Ministério da Saúde e, paralelo a isso, continuamos trabalhando com os governadores para que a gente possa encontrar alternativas, junto aos laboratórios que estão fabricando as doses, para que consigamos em algum momento ter doses extras para imunizar a maior quantidade possível de pessoas”, disse o governador.

O lote é destinado à imunização de parte do grupo prioritário composto por pessoas de 60 a 64 anos, previsto no Plano Operacional da Campanha de Vacinação contra Covid-19 no Amazonas, desenvolvido pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), com base nas orientações do MS. Além disso, 925 doses desembarcadas em Manaus nesta madrugada, são destinadas para indígenas da etnia Waimiri-Atroari, conforme determinação do Ministério da Saúde.

Após ter sido descarregado no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, o lote foi encaminhado para a sede da FVS-AM, onde teve início, ainda na madrugada, o procedimento de contagem das doses.

“Nós vamos verificar a temperatura, contar o quantitativo para ver se confere na nota emitida pelo Ministério da Saúde, dar entrada das doses no sistema do estado, verificar a população dos municípios do estado para liberar a distribuição”, detalhou Ângela Desiree Carepa, enfermeira do departamento de Vigilância epidemiológica da FVS-AM.

De acordo com a enfermeira, a distribuição deve iniciar ainda na tarde desta quarta-feira (03/03), na capital. Os municípios fazem o agendamento, porque eles têm de verificar a logística e também a escolta que vão querer usar para fazer esse deslocamento das doses, se vai ser particular ou do estado, que é feita pela Polícia Militar. Para Manaus, vai ser informado o quantitativo e verificada a agenda. Se tiver condições, à tarde já é liberado para a capital”, informou Ângela.

Vacinação – Em todo o estado, já foram aplicadas 312.550 doses de vacina até esta terça-feira (02/03), sendo 254.134 de primeira dose e 58.416 de segunda dose, de acordo com dados parciais do Programa Nacional de Imunização, da FVS-AM (PNI/FVS-AM). A informação está disponível no site da FVS-AM por meio do link https://bit.ly/3aTsndS.

O Amazonas ocupa o primeiro lugar no ranking nacional de Estados que mais vacinaram no Brasil, de acordo com dados de um consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, O Globo, Extra, O Estado de S. Paulo (Estadão), Folha de S. Paulo e UOL. O estado vacinou, até esta terça-feira (02/03), 6,04% da população.

Remessas – Além desta remessa, o Ministério da Saúde já destinou outras cinco ao Amazonas. No primeiro lote, em 18 de janeiro, o estado recebeu 282.320 doses da CoronaVac. No dia 23 de janeiro, outras 132.500 mil doses da AstraZeneca/Oxford foram desembarcadas no estado. Em 25 de janeiro, o estado recebeu 44.600 doses da CoronaVac.

A quarta remessa, com 96.200 unidades da CoronaVac, chegou ao Amazonas no dia 7 de fevereiro. Outras 42 mil doses de CoronaVac e 78 mil de AstraZeneca, correspondentes ao quinto lote, chegaram ao Amazonas entre quarta (24/02) e quinta-feira (25/02) da semana passada.

 

FOTOS: Diego Peres / Secom

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar