Juíza proibe segunda dose pra quem furou a fila da vacina

O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), deu entrada neste sábado (23), com uma ação civil pública exigindo a prestação de informações diárias acerca dos beneficiados com a aplicação das vacinas contra o covid-19 em Manaus, após notícias de que pessoas fora do grupo prioritário vinham furando a fila de imunização no início da primeira fase da campanha de vacinação contra a doença.

Como consequência desta e de outras ações impetradas por órgãos de controle no Amazonas, a juíza da 1º Vara Federal, Jaiza Fraxe, determinou a divulgação diária da lista de vacinados de Manaus e o embargo da segunda dose da vacina contra a Covid aos fura-filas. Além disso, as vacinas ficarão sob a guarda da Fundação de Vigilância em Saúde, com três responsáveis indicados pela justiça.

“Atualmente existe uma insegurança severa quanto à devida destinação e aplicação das doses da vacina. Inclusive viramos matéria e chacota nacional diante de tanta falta de liderança, controle e transparência por parte do poder público municipal”, diz trecho do documento.

Veja a íntegra os documentos

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar