Obras da etapa B do residencial Cidadão Manauara 2 chegam a 50%

As obras do residencial Cidadão Manauara 2, etapa B, programa habitacional de referência da Prefeitura de Manaus, no bairro Santa Etelvina, zona Norte, chegaram a 50% de execução. Os trabalhos estão dentro do cronograma estabelecido e atendem as medidas de proteção necessárias devido a pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

“Com tantas famílias enfrentando os efeitos devastadores do novo coronavírus, não podemos deixar de trabalhar para garantir moradia digna às pessoas, ainda mais neste momento que reforçamos a necessidade de se manter em casa”, destacou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

Os futuros moradores das 500 unidades habitacionais estão isentos de pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), por lei municipal, além do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Os beneficiários foram selecionados e está aguardando as análises da Caixa Econômica Federal para conclusão do processo. Os 500 apartamentos da etapa A já foram concluídos e os contemplados realizaram, no início do mês, as vistorias nos futuros imóveis onde vão morar.

As visitas realizadas, assim como as obras, seguem medidas de segurança para evitar aglomerações e tem medidas de higienização. Os trabalhos são coordenados pela Vice-Presidência de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf), órgão ligado ao instituto.

“Vivemos um novo tempo diante de uma pandemia que tem impactos sociais e econômicos sem igual. Ao mesmo tempo, seguimos com as obras para que essas pessoas simples e humildes que têm o sonho da casa própria. Tenho certeza de que esse é o maior sonho do brasileiro”, afirmou o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Claudio Guenka.

A atual gestão municipal é a que mais entregou moradia popular em Manaus. No ano passado, 784 unidades habitacionais foram entregues pelo residencial Cidadão Manauara 1, contemplando famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil, sendo a maioria oriunda de áreas de risco da cidade. Em 2014, outros 204 imóveis foram entregues pelo Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Socioambiental de Manaus (Prourbis), no bairro Jorge Teixeira, zona Leste.

— — —

Texto – Cláudia do Valle/Implurb

Fotos – Divulgação/Implurb

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar