Prefeitura prorroga suspensão de cobrança do Zona Azul até final de maio

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, prorrogou, até o dia 31 de maio, a cobrança do sistema de estacionamento rotativo pago Zona Azul na cidade. O decreto nº 4.813 foi publicado na última sexta-feira, 24/4, no Diário Oficial do Município (DOM).

A medida se faz necessária em face da pandemia de Covid-19 e da necessidade do emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença na capital, bem como a redução da atividade comercial e a prevenção à saúde dos monitores do sistema.

Com a prorrogação da suspensão da cobrança junto aos motoristas, a empresa Tecnologias de Trânsito da Amazônia SPE – Ltda., concessionária do serviço, ficará dispensada do pagamento da outorga da concessão à Administração Pública referente ao mês de maio. Caberá à Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) atuar na fiscalização do ato.

O Zona Azul oferta aproximadamente 3,4 mil vagas no Centro de Manaus e na área do Vieiralves, na zona Centro-Sul.

— — —

Texto – Tereza Teófilo/Ageman

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar