Susam já transferiu para a capital, por meio de UTI aérea, seis pacientes, entre suspeitos e confirmados de Covid-19

Governo do Estado destinou estrutura exclusiva para transferir pacientes de coronavírus do interior para Manaus.
O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), já realizou seis remoções de casos suspeitos ou confirmados do novo coronavírus (Covid-19) de municípios do interior para a capital, por meio de UTI aérea. Um fluxo específico para o transporte de suspeitos e de pacientes graves foi montado, envolvendo transporte aéreo, rodoviário e fluvial.

O secretário executivo adjunto de Atenção Especializada ao Interior da Susam, Cássio Espírito Santo, ressalta que o Estado dispõe de três modelos de aeronaves, utilizadas de acordo com a necessidade de casa caso e a distância do município de origem do paciente.

“Temos um jato, um avião para pista pequena e um hidroavião, para atender às diversas realidades dos nossos municípios. E, através de um sistema de regulação, esses pacientes são informados e removidos para a capital. A ambulância vem na própria pista, retira o paciente e leva para a unidade de saúde de destino”, detalhou o secretário.

Cássio frisou que cada aeronave está equipada com todo o aparato necessário para realizar os atendimentos, com capacidade para transportar até dois pacientes. “Aqui ficam os equipamentos, insumos e os profissionais que atendem as demandas dos municípios. As aeronaves são montadas de acordo com as realidades e as necessidades. Então, se for remover um paciente, um leito; se for remover dois pacientes, dois leitos e os equipamentos necessários”, pontuou ele, ressaltando que os profissionais usam todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para evitar a contaminação.

Fluxo paralelo – Cássio Espírito Santo reforça que o fluxo criado para as remoções de Covid-19 do interior não interfere nas necessidades relacionadas a outras enfermidades. “Já existia um contrato antigo vigente para atender as demandas de rotina do Estado. Um paciente que sofreu um acidente no interior, um infarto, um traumatismo cranioencefálico, um recém-nascido prematuro que precisa ser removido. Esse serviço continua funcionando, independente das demandas de Covid-19”, observou.

Casos no interior – O Estado do Amazonas tem 229 casos do novo coronavírus confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM). Deste total, 205 são moradores de Manaus. Subiu para nove o número de municípios do interior com casos confirmados de Covid-19, após a entrada de três casos em Tonantins. Foram diagnosticados casos positivos em Parintins (3), Manacapuru (6), Itacoatiara (4), Santo Antônio do Içá (4), Boca do Acre (1), Anori (1), Novo Airão (1), Careiro da Várzea (1) e Tonantins (3), o que totaliza 24 casos no interior.

FOTOS: SECOM

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar