Vídeo mostra bombeiros do Amazonas resgatando corpos de barco, no Amapá

O Congresso Nacional aprovou a criação de uma comissão externa para acompanhar os procedimentos e as medidas dos órgãos competentes na apuração das responsabilidades, quanto ao naufrágio do navio Anna Karoline 3, ocorrido no sul do Amapá, no último sábado.

A comissão vai atuar por 180 dias, com sete titulares e sete suplentes. Até agora já foram resgatadas 49 pessoas com vida. De acordo com o último boletim divulgado pelo governo do Amapá, 25 corpos foram encontrados e 12 pessoas ainda estão desaparecidas.

A força-tarefa de resgate, que agora conta com 27 mergulhadores de águas profundas, já entra no sexto dia em busca de desaparecidos. O governo do Amapá contratou de forma emergencial uma empresa que vai fazer a retirada do navio. A medida tem respaldo num decreto publicado pelo governo do estado, nesta semana, para reforçar o atendimento às vítimas e familiares.

Devido a sinais de contaminação do rio, um sistema emergencial foi providenciado para levar água potável para a região. A Defesa Civil também adquiriu kits de alimentação para reforçar o atendimento às vítimas, familiares e profissionais envolvidos.

Além da apuração da Marinha, a Polícia Civil também investiga o caso. Um homem já foi preso, acusado de fornecer combustível clandestino para a embarcação.

Os bombeiros militares do Amazonas que participam da ação:

Sgt Alexandro Vieira Santana.
Cb Alexsandro Morais de Aquino.
Cb Fernando Sérgio Rodrigues Damasceno júnior.
Cb Emerson Ferreira Pereira.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar