quarta-feira, agosto 17, 2022
InícioManausParceria viabiliza implantação de plataforma digital europeia na rede municipal de ensino

Parceria viabiliza implantação de plataforma digital europeia na rede municipal de ensino

Preparar as crianças para o ensino da ciência da computação, esse é o objetivo da plataforma digital UBBU, desenvolvida pela empresa Code For All, de Portugal, e que vai beneficiar mais de 700 alunos de escolas municipais de Manaus. O projeto-piloto, uma parceria entre a Prefeitura de Manaus, Fundação Telefônica, Fundação Vitória Amazônica (FVA), além da empresa europeia, foi lançado nesta sexta-feira, 21/2, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), zona Centro-Sul.

“É mais uma ferramenta que vem auxiliar no projeto de formação que a Semed vem realizando na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto. Temos que incentivar cada vez mais as nossas crianças a fazer a base para um futuro. Trabalhar o comportamento computacional e a formação integral do aluno preparando-o para o mundo do trabalho que está vindo cada vez mais exigente”, comentou Aldemira Câmara, gerente de Tecnologia Educacional da Semed, que ficará responsável pela formação dos professores e coordenadores de Telecentro.

O projeto será implantado nas escolas municipais, unindo-se como mais uma ferramenta pedagógica ao Clube de Letramento em Programação e Robótica (Procurumim), já desenvolvido na rede municipal em 58 unidades de ensino de todas as zonas da cidade, nas modalidades da educação infantil e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os alunos vão utilizar o kit tecnológico do ProFuturo Aula Digital, que contém um notebook, 34 tablets, um datashow e um roteador.

O projeto vai iniciar nas unidades municipais na segunda quinzena de março, com duas turmas por escola, com alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Além de Manaus, o projeto também será lançado em Salvador (BA).

De acordo com a diretora comercial da Code For All, Monica dos Santos Barreira Gandares, a plataforma digital UBBU oferece uma oportunidade dos alunos aprenderem uma ferramenta a mais no mundo digital. “O projeto ensina ciência da computação e programação. Nós queremos possibilitar que cada uma dessas crianças de 6 a 12 anos possam estar preparadas para um futuro sustentável, seja com habilidades profissionais, como também habilidades cidadãs”, disse.

Para a coordenadora do Telecentro, Ianni Batista do Nascimento, da escola municipal Francisca Gomes Mendes, bairro da Compensa, zona Oeste, a plataforma vai ajudar muito com os trabalhos realizados pela escola no processo de ensino aprendizagem dos alunos. “A implantação do projeto UBBU nas escolas é um marco na educação, porque ter a programação dentro das nossas escolas, ainda mais na rede municipal é um grande avanço. Se os alunos do 4º ano já conseguiram desenvolver atividades tão boas, acredito que o resultado será muito melhor se isso começar desde o 1º ano”, avaliou.

O professor Pedro Júnior Taveira dos Santos, da escola municipal Eliana Socorro Pacheco, bairro Santa Inês, zona Leste, também aprovou o projeto e a escola por fazer parte da implantação. “O projeto vai servir como uma ferramenta, os alunos vão poder ter acesso a esse material de inovação tecnológica, o que vai ajudar tanto nosso trabalho, quanto na vida diária do aluno”, completou.

Texto – Paulo Rogério / Semed

Fotos – Cleomir Santos / Semed

ARTIGOS RELACIONADOS
spot_img

MAIS populares