Polícia Civil prende homem denunciado por abusar sexualmente de duas adolescentes da mesma família

Nesta quinta-feira (06/02), às 6h30, a equipe de investigação da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 44 anos, investigado por ter cometido abusos sexuais contra duas adolescentes da mesma família. Uma de 12 anos, neta da ex-companheira dele, e outra de 16 anos, ex-enteada do indivíduo. A primeira vítima foi abusada pelo homem desde os 9 anos, já a segunda, dos 6 aos 12 anos.

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira, às 11h, na sede da Especializada, a delegada Joyce explicou que o infrator foi preso na residência onde mora atualmente, situada na rua Inoa, bairro Novo Aleixo, na zona norte da capital. Os estupros contra as vítimas eram cometidos quando eles ficavam sozinhos, na época em que moravam juntos, em uma casa localizada no conjunto Mutirão, bairro Novo Aleixo, da mesma zona mencionada. A primeira denúncia contra o infrator foi realizada em agosto de 2019.

“Na ocasião, acompanhada da mãe, a adolescente, que atualmente tem 16 anos, compareceu ao prédio da Depca, para comunicar os abusos sofridos pelo indivíduo, época em que o mesmo era padrasto dela. A partir disso, nós iniciamos os procedimentos investigativos em torno do caso, e, no mês seguinte, a irmã da primeira vítima também procurou a nossa equipe para relatar que a filha dela, uma adolescente de 12 anos, também havia sido estuprada pelo infrator”, explicou a titular da Depca.

Conforme a delegada Joyce, o homem ameaçava às vítimas, com o intuito de impedir que elas o delatassem. Entretanto, após as diligências indicarem que o infrator tinha cometido o delito, foi requisitado o pedido de prisão dele. A ordem judicial em nome do indivíduo foi expedida no dia 22 de janeiro, pelo juiz James Oliveira dos Santos, da Central de Inquéritos.

Procedimentos – O homem foi indiciado por dois estupros de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEPCA, ele será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus.

FOTO: Alailson Santos/ PC-AM

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar