Homem é preso por estuprar Neta da companheira durante 8 anos

Na manhã desta quinta-feira (23/01), por volta das 6h30, a equipe policial da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), sob a coordenação da delegada Joyce Coelho, titular da especializada, cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 50 anos, por estupro de vulnerável. O crime teve como vítima uma adolescente de 13 anos, neta da companheira do infrator, que era abusada pelo mesmo desde os 5 anos.

Durante coletiva de imprensa, a delegada explicou que o indivíduo foi preso na avenida Preciosa, bairro Monte das Oliveiras, zona norte da capital. Ela explicou ainda que o crime era cometido em oportunidades que o homem tinha de ficar a sós com a vítima, tanto na casa dele como em passeios, e até no barco em que ele trabalhava como comandante, quando a adolescente e a avó dela iam passar os finais de semana com ele. Na embarcação, durante a noite enquanto todos dormiam, ele abusava sexualmente da menina.

“Em depoimento, a vítima relatou que aos 9 anos contou para a avó que sofria abusos, mas ela não acreditou. Ela mencionou que só contou para a mãe por conta do nascimento dos irmãos, pois temia que o mesmo acontecesse com eles”, informou Coelho.

Segundo a autoridade policial, a mãe da menina percebeu que ela estava se comportando de forma diferente, estava agressiva, o que caracteriza um indício de violência sexual. O infrator reprimia a vítima dizendo que, se ela revelasse o que acontecia, iria desestruturar a família.

De acordo com a delegada, o mandado de prisão em nome do homem foi expedido no dia 17 de janeiro deste ano, pela juíza Lina Marie Cabral, da Central de Inquéritos. A avó da menina será ouvida para prestar esclarecimentos a respeito do conhecimento dos abusos sofridos pela neta.

Acompanhamento à vítima – O primeiro atendimento à vítima foi realizado na sede da especializada, onde a mesma recebeu auxílio psicossocial. A partir disso, ela foi encaminhada ao Serviço de Acompanhamento às Vítimas de Violência Sexual (Savvis).

Procedimentos – O homem foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos trâmites cabíveis na unidade policial, ele será encaminhado para a audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.

FOTOS: Erlon Rodrigues/PC-AM

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar