Nilton Lins forma mais 42 médicos para o mercado de trabalho

Ocorreu na noite desta quarta-feira (4) a colação de grau da XXV turma de Medicina da Universidade Nilton Lins. A solenidade, que concluiu a vida acadêmica dos formandos, aconteceu no auditório Nina Lins, localizado na unidade Laranjeiras. Para comemorar junto aos novos médicos, estiveram presentes os familiares e corpo docente da instituição. Para a Pró-Reitora de Extensão, professora Janaina Braga, foi uma noite muito emocionante. “Estamos entregando para o estado do Amazonas mais 42 médicos formados pela Universidade Nilton Lins. A minha expectativa de hoje é que teremos uma noite de muita emoção, por ser um curso onde o aluno enfrenta dificuldades desde o ingresso no vestibular, que é bastante concorrido. As disciplinas são difíceis, é um curso que exige muita dedicação, aulas em turno integral, estudos durante os finais de semana e feriados. Certamente os formandos estão bastante felizes, e a emoção deles é a nossa emoção”, disse. A emoção dessa vez foi diferente para o doutor Tezeu Bonfim Machado. “Já estou na Universidade Nilton Lins há 18 anos, participando de várias formaturas. A sensação é como se fosse a primeira vez. Mas hoje a emoção é única. Estou aqui para prestigiar minha filha Taisa Machado Abrantes, que se dedicou por seis anos e está alcançando seu sonho”, afirmou.

Juramento

No decorrer do evento, aconteceram as formalidades da cerimônia, como juramento acadêmico e o discurso do orador, feito pelo formando Sidney Nogueira Carvão Aguiar. “Estar hoje aqui é uma verdadeira vitória. Foram 2.151 dias na Universidade Nilton Lins, que virou nossa casa, onde, graças a Deus, tivemos grande professores, os melhores que poderíamos ter. É a realização de um sonho, pois esperei a minha vida toda para este momento, assim como meus amigos que estão aqui comigo. Nós, formandos, estamos hoje finalizando um capítulo de um livro onde todos nós somos autores da nossa própria história, e amanhã iremos iniciar um novo capítulo cujo o título será ser médico”, afirmou.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar