terça-feira, agosto 16, 2022
InícioAmazonasCMPM V fatura medalhas para o Brasil na Olimpíada Internacional de Matemática

CMPM V fatura medalhas para o Brasil na Olimpíada Internacional de Matemática

Os alunos do Colégio Militar da Polícia Militar 5 (CMPM 5), Tenente Coronel Cândido José Mariano conquistaram três medalhas durante a participação na Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras – World Mathematics Invitational 2019, ocorrida de 15 a 19 de julho na cidade de Fuokohama, Japão, entre ela a única de prata do Brasil.

Um grupo formado por 08 alunos, além de professores do CMPM 5, embarcou no dia 12 de julho para o Japão. Antes, eles foram medalhistas da etapa nacional da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (OIMSF) e conquistaram a oportunidade de participar da Olimpíada Internacional de Matemática no Japão.

Alunos de 19 países, como Taiwan, Singapore, Bulgaria, Hong Kong, Thailand, China, Indonesia, Mongolia, Mianmar, Laos, Finland, Turkey, Japão, Macau, Philipines, Vietnam, Usa e Brasil participaram da World Mathematics Invitational 2019. O Brasil levou para o campeonato oitenta e quatro participantes e os CMPMs 3 e 5 foram as únicas escolas públicas dentre as nove escolas participantes.

No universo de tantos competidores o CMPM 5 obteve três medalhas, uma medalha de prata, a única do Brasil, e duas medalhas de bronze. A medalha de prata foi conquistada pelo aluno Álvaro José Pedroso Pena do nono ano, fundamental dois e as duas de bronze dos alunos Maria Beatriz Carvalho de Alencar, também do nono ano e Vitor Hugo Santos de Oliveira do oitavo ano, fundamental dois.

As provas com duraram 40 minutos, foram cronometradas. Os alunos concorreram, individualmente, em avaliações redigidas em Língua Inglesa e foram respondidas pelos alunos do CMPM 5 com muita cautela e responsabilidade, afinal eles participaram de uma competição mundial, em um país desconhecido e com a participação de concorrentes do mundo todo.

Para a comandante do CMPM 5, tenente coronel Jadna Barros o esforço dos alunos serve de incentivo para que ano que vem um grupo ainda maior vá para a disputa internacional.
“Para nós um orgulho muito grande, o desempenho dos nossos alunos é o reflexo de uma somatória de investimentos realizados na educação que visam oferecer o melhor para o crescimento intelectual, social e afetivo. Vamos continuar incentivando iniciativas como essa e ano que vem vamos mandar uma equipe maior”, destacou a comandante, que deve receber os alunos na volta para Manaus.
Conquista

A aluna Maria Beatriz de Alencar que conquistou medalha de bronze na competição disse que participar da olimpíada foi uma importante experiência. “Foi mágico participar dessa olimpíada e ter a chance de conhecer um país que fica do outro lado mundo com uma cultura totalmente diferente da nossa e ganhar a medalha de bronze com meus colegas em nível internacional, não tem preço. Agradeço todas as pessoas que me apoiaram. Foi incrível. Foi uma experiência única e que pode servir de incentivo para todos os apreciadores da Matemática”, afirmou a estudante.

Vitor Hugo de Oliveira, participou da competição e também está voltando para o Amazonas com uma medalha de bronze. “Quero agradecer a todos os envolvidos que estiveram todo o tempo nos ajudando para que isso desse certo, principalmente nossos professores de Matemática que entraram de cabeça nesse projeto. Essa viagem foi muito boa e importante porque pudemos aprender sobre uma nova cultura e descobrir várias coisas novas, que nunca tínhamos visto ainda. É por tudo isso que gosto muito de Matemática é uma matéria maravilhosa e pode nos proporcionar experiências muito incríveis”, disse Vitor Hugo.

Dedicação

O aluno Álvaro José Pena, medalha de prata na competição, está duplamente feliz com a conquista, afinal, ele foi o único aluno do Brasil a conquistar essa medalha. Vitor Hugo foi medalha de ouro na versão nacional no Brasil e para ele a prata tem gosto de ouro. “Eu estou sem palavras, pois conquistei uma prata nesse universo mundial, tudo bem que o Brasil não conquistou nenhum ouro, mas eu aqui do Amazonas estou levando para casa o segundo lugar. Não foi fácil, o caminho até lá foi muito difícil. Foi muito estudo, muito esforço e muito apoio também, principalmente de colegas, professores, familiares e do CMPM também, mas tudo acabou valendo a pena, porque no dia da prova, mesmo sendo uma prova muito complicada, com pouco tempo pra fazer, consegui dar o meu melhor e no final acabei conseguindo essa medalha de prata e foi uma grande emoção”, contou Álvaro.

Competição

A delegação brasileira que participou da Olimpíada, em um total de 26 delegações, contou com aproximadamente 84 estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país. Eles concorreram, individualmente, em avaliações redigidas em Língua Inglesa.

Agradecimentos

O CMPM 5 em nome da comandante Jadna Barros agradece o empenho de cada aluno que se esforçou em todos os momentos e deu o melhor nessa competição, o apoio irrestrito dos pais que incentivaram seus filhos para essa conquista, a dedicação dos professores para que esse projeto se tornasse realidade e o apoio do Governo do Estado, parte importante dessa vitória.

Texto: CMPM V

ARTIGOS RELACIONADOS
spot_img

MAIS populares