Home / Destaque / Casos de sarampo chegam a 906 em Manaus

Casos de sarampo chegam a 906 em Manaus

O 28º Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo, divulgado Prefeitura de Manaus nesta segunda-feira, 17/9, aponta que a capital amazonense registra 906 casos confirmados da doença. São 25 casos a mais do que o registrado no 27º Informe Epidemiológico, publicado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) no dia 10 de setembro.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, lembra que o informe é lançado semanalmente por meio da Sala Municipal de Situação de Vigilância em Saúde, que conta com representantes da Semsa, da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado.

“A Sala de Situação tem o objetivo de monitorar e acompanhar os casos notificados do sarampo, analisando a situação epidemiológica em tempo real e permitindo que a gestão tenha as informações necessárias para elaborar as estratégias de combate à doença. O informe é um dos instrumentos utilizados, apresentando informações sobre a faixa etária mais atingida nos casos confirmados e notificados, e os dados sobre os territórios com mais registro de notificações”, explica Marcelo Magaldi.

Notificações

De acordo com o 28º Informe, Manaus conta com 7.690 notificações de sarampo, sendo 906 confirmados, 396 descartados e 6.388 em investigação. Como os dados são sujeitos à alteração, devido à qualificação dos registros, a nova edição do Informe apresentou uma modificação no total de número dos casos notificados e em investigação, em comparação com o 27º Informe.

Essa modificação é o resultado do trabalho da equipe da Sala de Situação, que está reforçando a análise de cada notificação e identificando os casos que foram inseridos no sistema como suspeitos de sarampo, mas que não apresentam todos os critérios clínicos e epidemiológicos para a doença.

Faixa etária

No total de 7.690 notificações de sarampo, que abrangem também os novos casos suspeitos, 26,8% estão na faixa etária de 20 a 29 anos, seguida da faixa etária de 15 a 19 anos (23,5%), de 30 a 49 anos (15,4%) e menores de um ano (14,3%).

Entre os 906 casos confirmados, a faixa etária mais atingida é a de menores de um ano (24,7%), seguida das faixas de 20 a 29 anos (19,8%) e de um a cinco anos (19,8%), e de 15 a 19 anos com 13,8% do total de confirmações.

Vacinação

De acordo com dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), a campanha contra sarampo, direcionada para a faixa etária de seis meses a cinco anos, atingiu 106,9% da meta, com a vacinação de 204.837 crianças.

Mas, além das ações da campanha, a Semsa já tem registrado a aplicação de 495.155 doses de vacina contra o sarampo, entre as ações de rotina nas Unidades de Saúde, com primeira e segunda dose, e ações de intensificação, varredura e bloqueios vacinais.

No site da Semsa (http://semsa.manaus.am.gov.br), a população pode ter acesso à lista com o endereço e horário de funcionamento de todas as 183 salas de vacina do município de Manaus. A vacina tríplice viral, que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba, é ofertada para a população na faixa etária de seis meses a 49 anos.

Veja Também

Auditor do TCE suspende contrato de R$ 2 milhões da Prefeitura de Lábrea

O auditor  do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Luiz Henrique Mendes, suspendeu, por meio de medida ...

Serviços de recapeamento avançam na estrada da Vivenda Verde

Os trabalhos do Plano de Obras de Verão executados pela Prefeitura de Manaus, em uma das ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Content is protected !!