Home / Eventos / Amazonas Jazz Band une música brasileira e ritmos latinos em espetáculo na terça-feira

Amazonas Jazz Band une música brasileira e ritmos latinos em espetáculo na terça-feira

Clássicos da música brasileira e ritmos latinos compõem a seleção musical do concerto que a Amazonas Jazz Band apresenta na terça-feira (9/01), às 20h, no Teatro Amazonas, com reapresentação no dia 24 de janeiro. Intitulado “Welcome”, o espetáculo vai reunir composições de nomes como Tom Jobim, Gilberto Gil, Jorge Ben Jor e Eddie Palmieri, entre outros. A orquestra faz parte dos Corpos Artísticos mantidos pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Tendo à frente Rui Carvalho, maestro titular da Amazonas Band, “Welcome” traz uma seleção de standards e sucessos da música brasileira, acrescida de composições baseadas em ritmos latino-americanos, como mambo e cha cha cha. “Garota de Ipanema” e “Chega de saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes; “Palco”, de Gilberto Gil; e “Tequila”, de Danny Flores; são algumas das músicas incluídas no programa.

“Nossa proposta com esse concerto é atender à expectativa dos turistas que vêm nos visitar e já trazem uma imagem formada do Brasil. É um repertório que prioriza vários ângulos da música brasileira, da Bossa Nova à música mais moderna de Gilberto Gil, por exemplo. Também incluímos Jorge Ben Jor, com ‘Mas que nada’, uma música de 1969 que recentemente fez parte da trilha sonora da animação ‘Rio’”, comenta o maestro.

Completando a seleção musical, o concerto traz composições dos norte-americanos Eddie Palmieri e Danny Flores baseadas na música latina. “Incluímos também um pouco do que o público imagina que seja a música dos trópicos, com mambo e cha cha cha”, assinala Carvalho.

O concerto “Welcome” tem ingressos a R$ 50 para plateia e frisas, em valor de inteira; os demais assentos têm acesso gratuito.

Novos repertórios e concertos – Completando 18 anos de trajetória em 2018, a Amazonas Jazz Band tem boas perspectivas para o ano. De acordo com Rui Carvalho, a ampliação do repertório e novas parcerias com artistas do Amazonas e de outros cenários musicais estão nos planos do conjunto para os próximos meses.

“Queremos fazer repertórios que nunca fizemos, inclusive com novas canções de artistas que já fazem parte dos nossos concertos, como o saxofonista norte-americano Bob Mintzer. Também queremos fazer músicas de Moacir Santos, saxofonista e compositor pernambucano, que é um projeto nosso”, adianta o maestro.

Ainda para este ano, a orquestra aguarda a confirmação de um concerto ao lado de músicos internacionais, mas também planeja tocar ao lado de nomes do circuito local. “Gostaríamos de fazer mais trabalhos com artistas amazonenses, como fizemos no ano passado com o ‘Concerto Amazônico’, no qual tocamos ao lado de Zezinho Corrêa, Lucilene Castro, Márcia Siqueira, Ketlen Nascimento, entre outros”, afirma Rui Carvalho.

Trajetória – Criada pela Secretaria de Cultura do Amazonas em 2000, a Amazonas Jazz Band tem como objetivo difundir, preservar e incentivar a criação de música popular instrumental, privilegiando as vertentes associadas nesse campo ao legado cultural brasileiro assim como ao jazz, à música pop e a diversos outros gêneros.

PROGRAMA
Concerto “Welcome”, com a Amazonas Jazz Band

“Morning Dance”, de Jay Beckstein/Spyro Gyra
“Garota de Ipanema”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes
“Samba de uma nota só”, de Jobim
“Chega de saudade”, de Jobim e Vinicius
“Desafinado”, de Jobim e Newton Mendonça (arranjo de Frank Mantooth)
“Berimbau”, de Baden Powell e Vinicius (arr. de Bob Mintzer)
“Mas que nada”, de Jorge Benjor
“Palco”, de Gilberto Gil
“Slowvisor”, de Eddie Palmieri
“Tequila”, de Daniel Flores

* Todos os arranjos de Rui Carvalho, exceto onde indicado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!