Home / Política / Arthur Virgílio Neto cumpre agenda internacional em conferência do Banco Mundial e palestra na COP23

Arthur Virgílio Neto cumpre agenda internacional em conferência do Banco Mundial e palestra na COP23

Convidado a discutir ações do programa de Cidades Resilientes do Banco Mundial, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e representantes de mais 26 cidades do mundo estão em Bangkok, na Tailândia, para avaliar projetos e financiamentos em infraestrutura voltada para a prevenção de desastres naturais. Após o evento do Banco Mundial, o prefeito segue para a Alemanha, onde foi convidado a participar da Cúpula do Clima para Líderes Locais e Regionais, pelo prefeito de Bonn. A cidade sediará a 23° Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP23), que reúne todas as principais lideranças políticas internacionais.

 

A abertura da conferência do Banco Mundial contou com a participação da vice-governadora de Bangkok, Wanvilai Promlakano, e representantes do governo local apresentaram os projetos implementados e projetados para a cidade. O prefeito Arthur Virgílio destacou o posicionamento de Manaus e a relação com a instituição financeira internacional.

 

“Mais que eventuais socorros financeiros do Banco Mundial, há agora uma parceria que se aprofunda no acompanhamento de políticas que estão sendo executadas, que foram planejadas e precisam muito da avaliação técnica e moral do Banco. Manaus está entre as cidades no mundo que brigam por resiliência, por sustentabilidade e que recebem o respeito do Banco Mundial”, ressaltou o prefeito.

A comitiva de Manaus, coordenada pelo prefeito e composta pela primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária (FMS), Elisabeth Valeiko Ribeiro; pelo secretário de Finanças (Semef), Lourival Praia; o diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Claudio Guenka; e pelo secretário de Comunicação (Semcom), Eric Gamboa, reuniu-se na manhã desta segunda-feira, 6/11, com a equipe de Desenvolvimento Urbano e Unidade de Resiliência do Banco Mundial, capitaneada pelo diretor Sameh Naguib Wahba, para avaliar a proposta manauara de infraestrutura resiliente que deverá ser realizada no bairro Nossa Senhora de Fátima.

 

A proposta pioneira de Manaus irá dotar áreas de risco da capital, sobretudo aquelas com grande quantidade de ocupações irregulares, da infraestrutura necessária para evitar problemas como alagamentos e desmoronamentos.

 

O diretor do Banco elogiou bastante a situação fiscal de Manaus, que coloca a cidade em condição privilegiada para receber os investimentos do Banco. “O projeto de Manaus inclui aspectos econômicos, sociais e ambientais para o desenvolvimento urbano, reforçando os serviços e a infraestrutura da cidade e também reforçando o lado social para oferecer condições melhores para as famílias mais vulneráveis. Nesse sentido, o Banco Mundial está disponível e já trabalhando com a cidade para o desenho e execução do projeto, que é muito ambicioso e, para nós, representa uma parceria muito importante”, disse Wahba.

 

O diretor esclareceu, ainda, que a conferência do Programa de Cidades Resilientes, em Bangkok, reúne 26 cidades no mundo incluindo Manaus e Porto Alegre. O evento tem objetivo de mobilizar os recursos para a execução dos programas integrados, visando o desenvolvimento sustentável da resiliência com acompanhamento dos técnicos do Banco. “Nós acompanhamos as cidades para o desenvolvimento de um plano de mobilização para aplicação dos recursos. O resultado será uma estratégia de atuação da cidade com a identificação dos projetos prioritários em cada local para serem financiados”, explicou Sameh Wahba.

COP23

Na 23° Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP23), o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, realiza palestra sobre os projetos que buscam financiamento do Banco Mundial. O prefeito da cidade Bonn, anfitriã da COP23, Ashok-Alexander Sridharan, convidou o prefeito de Manaus a compor a Cúpula de Líderes Locais e Regionais na discussão global das mudanças climáticas.

Veja Também

Wilson Lima cumpre agenda no primeiro dia como governador eleito

No primeiro dia como governador eleito do Amazonas, Wilson Lima (PSC) encontrou-se com eleitores e ...

STF vai analisar modulação dos efeitos da decisão para os suplementaristas no AM

Sensível às peculiaridades do Amazonas, o ministro-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), José Antonio Dias Toffoli, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!