DestaquePolicia

Operação contra o tráfico de drogas prende 61 pessoas em Manaus

A quinta fase da “Operação Pilar”, da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), efetuou a prisão de 61 pessoas e apreendeu dois adolescentes suspeitos de envolvimento em diversos crimes em Manaus, nesta quarta-feira (27/3). Também foram apreendidos R$ 79 mil em espécie, três armas de fogo, munições, sete celulares, uma tonelada de pescado e 140 relógios.

Deflagrada em bairros das zonas norte, sul, leste e oeste, a operação cumpriu desde as primeiras horas da manhã mais de 60 mandados de prisão, busca e apreensão relacionados, principalmente, ao tráfico de drogas. Entre as prisões, 28 foram por tráfico, 16 por roubo e uma por homicídio. As demais foram por crimes como furto, tentativa de homicídio, falsidade ideológica, lesão corporal e venda ilegal de anabolizantes.

A ação foi coordenada pelo secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, e pelo delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos. O secretário de segurança destacou o sucesso de mais uma operação, que tem como objetivo enfraquecer o crime organizado.

“Essa operação teve um resultado excelente, tivemos um êxito absoluto. Realizamos 63 prisões, sendo 36 em flagrante, além de apreendermos 79 mil reais oriundos de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas. O nosso objetivo está sendo alcançado, com as pessoas sentindo mais segurança nas ruas”, disse Bonates.

O titular da SSP afirmou que o trabalho de inteligência, investigação e reforço policial nas ruas, como novas operações programadas, e voltou a pedir o apoio da população com denúncias que levem à prisão de infratores e a elucidação de crimes pelo 181.

Megaoperação – O efetivo total empregado foi de mais de 800 servidores da segurança pública, envolvendo a Polícia Militar e Polícia Civil e contou com a participação do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), que apreendeu seis carros, 55 motos, 47 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e aplicou 233 autos de infração. As fiscalizações ocorreram nas avenidas Cosme Ferreira, Max Teixeira e Hilário Gurjão.

O Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), os helicópteros do Departamento Integrado de Operações Aéreas (DIOA) e o Corpo de Bombeiros também participaram da ação policial.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, ressaltou que a estratégia de operações adotada pelo sistema de segurança tem impactado positivamente na redução da criminalidade. “Isso demonstra a força que o Estado tem, voltando a ocupar os territórios que antes serviam como abrigos de organizações criminosas, e vamos continuar trabalhando em prol da população. A Polícia está na rua e, quem cometer crime, vai para a cadeia”.

Esta é a nona operação de grande porte realizada pela SSP no Estado. Além de Manaus, operações integradas ocorreram em Lábrea e Manacapuru.

Um trabalho integrado entre a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERF) e Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA) resultou na apreensão de pescado, como explicou o delegado-geral, Lázaro Ramos. “Essa fase da Operação Pilar também foi realizada nos rios da região e conseguimos apreender uma tonelada de pirarucu, que estava em situação irregular. É mais uma demonstração da abrangência de atuação do nosso trabalho, que será cada vez mais fortalecido”.

*Dinheiro ligado ao tráfico* – As equipes policiais apreenderam R$ 79 mil e três armas de fogo em uma residência na rua Lauro Andrade, Colônia Antônio Aleixo, zona leste. A suspeita da polícia é que o dinheiro seja proveniente do tráfico de drogas. A quantia e as armas estavam em posse de João de Oliveira Araújo, que já responde por um homicídio praticado em 2007.

Fotos: Alailson Santos / Polícia Civil e Roberto Carlos / Secom

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios