DestaquePolicia

PC recupera quatro carros e prende trio envolvido em roubo a residência

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), sob o comando do delegado Cícero Túlio, titular da especializada, deflagrou na tarde de quinta-feira (14/2), ação policial no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus, que culminou nas prisões, por receptação e associação criminosa, de Gilvandro Barreto Gama, 30, Moisés Antônio Santos Neto, 26, e Rawlison Oliveira Pampolha, 36, conhecido como “Bad Boy”.Rawlison também foi autuado em flagrante por roubo majorado.  

O resultado da ação foi apresentado na manhã deste sábado (16/2), durante coletiva de imprensa. Na ocasião, o titular daDerfv informou que as prisões foram efetuadas pelos policiais civis na última quinta-feira (14/2), em uma casa situada na rua Três do Conjunto Amazonino Mendes, conhecido como “Mutirão”, no bairro Novo Aleixo, zona norte da cidade. 

De acordo com Cícero Túlio, os policiais civis chegaram até o trio durante diligências em torno de roubo ocorrido na manhã da última quarta-feira (13/2), por volta das 7h45, na casa de uma escrivã de Polícia de 64 anos, no Conjunto Parque Shangrilá, bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul da capital. O titular da Derfv explicou que o imóvel foi colocado à venda e duas mulheres, que estão sendo procuradas pela polícia, entraram em contato com o corretor de imóveis responsável e demonstraram interesse na compra do bem.  

“O corretor de imóveis, de 50 anos, combinou de mostrar a residência às mulheres e uma delas disse que levaria o companheiro para avaliar a casa. No endereço supracitado, Rawlison e duas mulheres apareceram e, munidos de uma pistola calibre 380, anunciaram o roubo. Os infratores passaram cerca de 2h30 no imóvel e mantiveram o corretor de imóveis e a escrivã amarrados. Do lugar o trio subtraiu os veículos das vítimas, joias, aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos e roupas”, relatou o delegado.  

Conforme a autoridade policial, no mesmo dia em que o delito aconteceu policiais militares encontraram o veículo da escrivã, modelo Punto, da montadora Fiat, de cor branca, abandonado no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus. “Ainda na quarta-feira (13/2), tivemos conhecimento de que o carro do corretor de imóveis, da marca Ford, modelo Ranger, de cor preta, estaria escondido em uma casa situada no Conjunto Amazonino Mendes, conhecido como “Mutirão”, bairro Novo Aleixo, zona norte. Montamos campana no lugar indicado e localizamos o veículo na rua Três daquele do conjunto”, disse. 

O titular da Derfv destacou que na residência, além do veículo do corretor de imóvel, os policiais civis prenderam o trio em flagrante. “Montamos campana durante toda a noite de quarta-feira (13/2) e na tarde de quinta-feira (14/3), por volta das 15h, conseguimos prender Rawlison, que participou efetivamente do roubo, além de Gilvandro e Moisés, responsáveis por guardar veículos roubados até eles serem clonados e revendidos”, esclareceu Cícero Túlio. 

Material recuperado – No local, segundo a autoridade policial, foram encontrados quatro carros com restrição de roubo. As equipes também recuperaram joias, relógios, duas televisões, um notebook e um bebedouro, subtraídos da escrivã de Polícia. Cícero Túlio enfatizou que, além do carro do corretor, os policiais civis acharam no lugar mais três veículos roubados, sendo um da montadora Volkswagen, modelo Gol, de cor branca, utilizado na fuga de Rawlison e as comparsas; e dois veículos da montadora Chevrolet, sendo um modelo Celta, de cor branca, e outro modelo Classic, de cor preta.  

“Com Rawlison apreendemos a pistola calibre 380 utilizada no dia do crime, com 19 munições intactas. As investigações em torno do caso irão prosseguir, até prendermos as duas mulheres que atuaram com o infrator no roubo. Acreditamos que esses elementos integram uma organização criminosa especializada em roubar veículos e residências na capital. Peço às pessoas que tenham sido vítimas de Gilvandro, Moisés ou Rawlison para nos procurarem aqui na Derfv”, orientou o titular da especializada. 

Flagrante – Conduzidos à unidade policial, Gilvandro, Moisés e Rawlison foram autuados em flagrante por associação criminosa e receptação. Rawlison também irá responder por roubo majorado. Ao término dos procedimentos cabíveis na Derfv, os infratores serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital. 

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios