DestaquePolicia

PC terá reforço para intensificar fiscalizações de furto de energia no Amazonas

Na manhã desta quinta-feira (17/01), o delegado Carlos Alberto Andrade, titular da Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS), participou da apresentação de novas equipes da Eletrobras Distribuição Amazonas que irão reforçar as ações de combate ao furto de energia elétrica no Estado, que causaram à empresa, no ano passado, prejuízo estimado em mais de R$ 300 milhões.

A exibição das novas equipes aconteceu às 8h30, no prédio da DECFS, localizado nas dependências do 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), situado na rua Belém, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da capital. O titular da especializada ressaltou que as equipes da concessionária de energia atuam em todo o Estado, realizando serviços de inspeção nas unidades consumidoras e outras ações de combate às perdas de energia elétrica.

“Pela Polícia Civil, a DECFS atua nas ações dando apoio operacional, em ações administrativas de inspeção e atuando como Polícia Judiciária, efetuando prisões em flagrante quando necessário, em casos em que se constata o furto de energia elétrica. A expectativa, a partir desse novo efetivo, é que tenhamos um número muito maior de Inquéritos Policiais (IP) instaurados, com o objetivo de diminuir a quantidade de furtos que causam tantos prejuízos ao Estado do Amazonas, devido à falta de arrecadação dos tributos”, disse Andrade.

Crime – Os prejuízos devido ao crime são a baixa arrecadação dos tributos, aumento na tarifa de energia, além dos prejuízos à concessionária com a perda de geradores de energia elétrica, que ficam sobrecarregados com o uso indevido e desenfreado.  O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime, conforme o Artigo 155 da Lei nº 2848/40, do Código Penal Brasileiro (CPB).

Equipes – De acordo com Marcos Alexandre Brilhante, gerente do Departamento de Medição e Combate aos Crimes (DMCC) da Eletrobras Distribuição Amazonas, as equipes de combate ao furto de energia elétrica aumentarão gradativamente a cada mês, com o intuito de reforçar as inspeções realizadas pelos técnicos da concessionária.

“Nós atuamos intensamente nesse combate e estamos contratando as equipes de inspeção, que aumentarão gradativamente a cada mês. Serão 70 equipes até o final de fevereiro e, conforme nosso planejamento, serão 300 equipes ativas até a metade de 2019”, explicou Brilhante.

FOTOS: ALAILSON SANTOS/PC-AM

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios