BrasilDestaque

Dias de terror no Ceará é retaliação a Governo, diz Governador

O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou neste sábado que a  sequência de ataques no estado são uma tentativa de fazer com que as forças de segurança “recuem” das “medidas fortes” que têm adotado contra os criminosos.

“As forças de segurança do nosso estado, que têm se doado noite e dia para combater o crime, especialmente neste momento em que o Estado do Ceará toma medidas duras e necessárias de combate ao crime organizado”, afirmou o governador. “Esse tem sido justamente o motivo desses atos criminosos: fazer com que o Estado recue dessas medidas fortes, o que não há nenhuma possibilidade de acontecer”, completou. Leia a íntegra da mensagem abaixo.

Desde quarta-feira (2), foram mais de 80 ataques em 25 cidades do Ceará. Bandidos queimaram veículos do transporte público; carros de particulares e concessionárias; e atacaram prédios como bancos, delegacias e prefeituras. Uma bomba foi explodir a na coluna de um viaduto na BR-020, em Caucaia, mas o equipamento passou por obras e não corre o risco de desabar. Devidos aos ataques, os ônibus deixaram de circular na tarde deste sábado, e o comércio registra baixa movimentação.

Camilo Santana (PT) afirmou que está em constante diálogo com o Governo Federal para “unir forças” contra o crime organizado que atua no estado. “Como sempre defendi, o combate ao crime organizado deve ser feito de forma cooperada entre estados e Governo Federal. É papel de todos proteger a população, deixando de lado vaidades e interesses pessoais ou partidários.”

A Secretaria da Segurança do Ceará informou neste sábado que vai reforçar a blitze com abordagens de motoristas e motociclistas. “A medida se baseia, principalmente, no fato de boa parte dos crimes serem cometidos por indivíduos a bordo de veículos automotores.”

Tags
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios